Logos Editoras (1).png

A Editora UFLA tem por finalidade desenvolver e executar a política editorial da Universidade, e disponibilizar à sociedade, em formatos impressos e digitais, o conhecimento científico, técnico, profissional e cultural, a fim de promover a educação, a cultura, a ciência e o desenvolvimento humano. Seu catálogo atual inclui 211 títulos de livros, 8 periódicos científicos, 80 títulos de Textos Acadêmicos e 121 títulos de Boletins Técnicos e de Extensão, todos editados com elevado rigor técnico e científico. A Editora conta com a loja virtual e uma livraria física, localizada no ponto central da universidade, onde são encontrados, além dos títulos lançados pela própria Editora UFLA, livros de editoras universitárias e comerciais de diversas áreas e gêneros literários.

 
Biodiversidade_dos_solos_em_ecossistemas_brasileiros.jpeg

BIODIVERSIDADE DO SOLO EM ECOSSISTEMAS BRASILEIROS

Fátima M. S. Moreira
De R$ 85,00 Por R$ 51,00

O solo é considerado o ecossistema mais complexo e dinâmico do planeta, cuja heterogeneidade de habitats, que varia na escala de nanômetros até quilômetros, abriga enorme biodiversidade que desempenha papel essencial para a continuidade dos processos da biosfera e para a existência da vida. Apesar do grande volume de informações já acumuladas, que nos permite fazer tais inferências, nosso real conhecimento sobre a dimensão, diversidade e papel da pedobiota ainda é incipiente, principalmente em se tratando da região tropical que abriga, reconhecidamente, cerca de 50 % de todas as espécies do planeta. Editar e escrever esta obra em parceria com 45 pesquisadores de diferentes instituições do Brasil e também do exterior, foi uma tarefa instigante e valiosa que nos permitiu conhecer e integrar diversas facetas da biodiversidade do solo, e assim contribuir para diversas ações e pesquisas futuras. Parte desta obra é a tradução para a língua portuguesa do livro: Soil Biodiversity in Amazonian and Other Ecosystems publicado em 2006 pela CABI, cujos direitos para publicação em português foram garantidos no contrato com esta editora, pois pretendíamos atingir um público mais amplo e diverso no Brasil, visando a contribuir para a conscientização sobre este assunto tão importante e atual e que diz respeito a todos nós, detentores da maior megadiversidade entre as nações tropicais. Os onze capítulos publicados na versão em inglês foram atualizados e oito novos capítulos foram adicionados, ampliando as informações sobre um maior número de grupos de organismos relevantes. Apesar de a Biologia do Solo ser muito antiga no mundo, ela é bastante recente no Brasil, e esta obra representa a primeira publicação que aborda de forma abrangente a diversidade e função de diversos grupos chave que compõem a biota do solo.

 
Chuvas_extremas_no_Brasil.jpeg

CHUVAS EXTREMAS NO BRASIL: MODELOS E APLICAÇÕES

Luiz Fernado Coutinho de Oliveira
De R$ 90,00 Por R$ 54,00

O livro refere ao estudo e caracterização de chuvas extremas, ou chuvas intensas, que têm distribuição irregular, temporal e espacialmente. Do conjunto de dados de precipitação, obtidos em redes de estações (tanto pluviométrica, quanto pluviográfica), são extraídas as chuvas extremas para determinada região. Com esses dados é possível gerar a distribuição temporal e espacial dessas chuvas. A partir desse conhecimento, podemos realizar estudos para prever eventos que causam prejuízos, como erosão do solo, inundações, transporte de sedimentos e problemas relativos à segurança de reservatórios e de áreas urbanas. O autor desenvolve os temas principais e correlatos levando o leitor a surpreendentes descobertas de modo diferenciado ao de outras obras que abordam a mesma temática mas de forma, às vezes, segmentada. O livro está organizado em sete capítulos que, além da Introdução ao tema, abrange o estudo de: Precipitação pluvial; Séries históricas e análise de frequência de precipitações máximas; Modelos matemáticos de chuvas intensas; Determinação da intensidade de precipitação máxima média; Relações Intensidade, Duração e Frequência (IDF), em que o autor apresenta os mapas de chuvas intensas para o Brasil; e finaliza com o capítulo específico de aplicações da temática estudada. O último capítulo, Aplicações, é o alicerce da obra, pois ali são realizados estudos de caso aplicados à situação real de diversas localidades, levando o leitor ao completo entendimento da complexa temática abordada. Os exercícios resolvidos, motivam o acadêmico na sequência do estudo. O encadeamento da escrita preconiza, de maneira lógica e sequencial, o conhecimento científico sólido se seguir o texto conforme exposto e proposto. A obra vem, assim, preencher lacuna existente no campo da Hidrologia, quando se trata de estudos hidrológicos relativos à chuvas extremas e suas relações de IDF no nosso Brasil.

 
Cultura_da_Cebola.jpg

CULTURA DA CEBOLA: TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO

Rovilson José de Souza
De R$ 75,00 Por R$ 45,00

A cebolicultura no Brasil é uma atividade praticada, principalmente, por pequenos produtores e a sua importância socioeconômica se fundamenta não apenas na rentabilidade, mas, na grande demanda de mão de obra, contribuindo para viabilização de pequenas propriedades e a fixação dos produtores na zona rural, reduzindo a migração para grandes cidades.

 
Da_Rocha_ao_Solo.jpg

DA ROCHA AO SOLO: ENFOQUE AMBIENTAL

Nilton Curi
De R$ 95,00 Por R$ 57,00

Da Rocha ao Solo tem enfoque ambiental por enfatizar os recursos água e nutrientes. É quase sempre difícil saber qual foi o material de origem do solo; à semelhança do grau de contribuição do psamito e do basalto na terra roxa, com diferentes graus de mistura, infere-se o material de origem a partir do solo. A rocha de origem dá informações sobre o potencial de fornecer alguns nutrientes, por exemplo, teor total de fósforo, de ferro; indicações sobre elementos traços e, em algumas circunstâncias, até sobre alguns minerais na fração argila: é o caso da illita (um mineral detrítico) e, talvez, da maghemita; e, mais diretamente, sobre os das frações mais grosseiras. No entanto, uma rocha rica (basalto) pode originar solos ácidos e pobres em nutrientes disponíveis. No Planalto Meridional, as baixas temperaturas aumentam a relação lixiviação/intemperismo e os solos, mesmo desenvolvidos de basalto, tendem a ser rasos e pobres em nutrientes. Rochas bem distintas como basalto e tufito, gnaisse leucocrático e granito ou granodiorito etc. podem originar solos semelhantes; é impossível, por ora, distinguir um Latossolo originado de calcário ou de ardósia do Grupo Bambuí: o solo de calcário é formado do resíduo pelítico após a remoção do carbonato. Assim, para preservar as valiosas informações petrológicas e enfatizar o critério de premiar a natureza dos solos usou-se as expressões pedogranítica, pedomáfica, pedopelítica etc… que talvez possa ser lida como, no caso da pedomáfica, rocha que origina solos como se máfica fosse e assim por diante. Dependendo da natureza do solo formado, as rochas são aqui grupadas para fins pedológicos e ambientais; nesse agrupamento partiu-se do solo para a rocha. Premiou-se, por esse critério, o produto final (solo). As diferenças entre os atributos das rochas são importantes, mas a convergência nos atributos-chave do solo como teor de ferro, fósforo total, teor de argila etc. têm prioridade. É provável que no futuro se venha a definir melhor essas classes em termos de melhor quantificação dos critérios definidores dessas "pedorrochas"… Assim, esse livro é apenas um esforço inicial onde há muito que melhorar.

 
Cultivo_de_Fruteiras_2º_edição.jpg

CULTIVO DE FRUTEIRAS DE CLIMA TEMPERADO EM REGIÕES SUBTROPICAIS E TROPICAIS - 2ª EDIÇÃO

Rafael Pio
De R$ 185,00 Por R$ 111,00

A segunda edição do livro Cultivo de Fruteiras de Clima Temperado em Regiões Subtropicais e Tropicais, além de relatar o histórico do cultivo das fruteiras de clima temperado em regiões subtropicais e tropicais e os mecanismos envolvidos na dormência dessas fruteiras, aborda as técnicas propagativas, a recomendação de cultivares e as principais técnicas de manejo cultural empregadas na exploração de 13 fruteiras de clima temperado em regiões subtropicais e tropicais

 
Estatística_básica_-_2_edição.jpg

ESTATÍSTICA BÁSICA - 2ª EDIÇÃO

Daniel Furtado Ferreira
De R$ 90,00 Por R$ 54,00

Este livro oferece um guia para muitos cientistas da área biológica na condução de suas investigações cientificas que necessitam de uma abordagem da estatística básica. Uma segunda intenção é oferecer um livro texto para muitos cursos que venham a cobrir uma ampla gama de métodos e técnicas estatísticas na área básica ou introdutória.

 
Eucalipto_Em_Sistemas_Agroflorestais_2ª_Edição.jpg

EUCALIPTO EM SISTEMAS AGROFLORESTAIS - 2ª EDIÇÃO

Renato Luiz Grisi Macedo
De R$ 80,00 Por R$ 48,00

Os autores desta obra procuraram reunir as informações existentes sobre o uso das espécies do gênero Eucalyptus, consorciadas com culturas anuais, perenes e com animais, para que as comunidades agropecuária, empresarial e universitária tenham maior facilidade no uso desta tecnologia. Segundo os autores, está não é uma obra acabada, mas acreditam que ela possa servir como direcionamento tecnológico e científico para todos os que se predispuserem a mergulhar no cativante cenário do conhecimento Agrossilvicultural.

 
Marketing_-_Uma_visão_brasileira.jpg

MARKETING: UMA VISÃO BRASILEIRA

Ricardo de Sousa Sette
De R$ 70,00 Por R$ 42,00

Neste livro apresentamos dois diferenciais significativos: uma proposta ampliada dos instrumentos de marketing dentro de uma sequência operativa composta por sete etapas e uma proposta de marketing direcionada para o povo brasileiro. As sete etapas constituem-se em definição dos produtos e ou serviços; determinação do público alvo; posicionamento para o público escolhido e, por último, a realização das ações pós-venda.

 
Otimização_na_Experimentação.jpg

OTIMIZAÇÃO NA EXPERIMENTAÇÃO: APLICAÇÕES NAS ENGENHARIAS E CIÊNCIAS AGRÁRIAS

Marcelo Ângelo Cirillo
De R$ 65,00 Por R$ 39,00

A ênfase desta obra consiste na apresentação de técnicas de otimização que direcione a seleção de delineamento ou modelo estatístico em experimentos contextualizados nas engenharias e ciências agrária

 
Semiologia_do_cafeeiro.jpg

SEMIOLOGIA DO CAFEEIRO: SINTOMAS DE DESORDENS NUTRICIONAIS, FITOSSANITÁRIAS E FISIOLÓGICAS

Rubens José Guimarães
De R$ 60,00 Por R$ 36,00

SEMIOLOGIA é a parte da medicina relacionada ao estudo dos sinais e sintomas das doenças humanas e animais. Estuda a maneira de revelar (anamnese, exame clínico, exames complementares) e de apresentar (observações, tabelas, síndromes etc.) esses sintomas, com o propósito de se estabelecer um diagnóstico. Este livro tem a pretensão de auxiliar os profissionais que estarão perto do cafeicultor, sentindo com ele suas dificuldade, angústias e dúvidas, contribuindo como ferramenta de todos os dias.Ferramenta que pretendemos oferecer para diagnóstico de desordens nutricionais, fitossanitárias e fisiológicas do cafeeiro (coffea arabica L.), com uma abordagem simples o bastante para detecção dos problemas no campo, mas completa para distinção das desordens das plantas, apontando as soluções mais adequadas.

 
Hidrofobia.jpg

A HIDROFOBIA E O ENSINO DA NATAÇÃO: O QUE SABEM E COMO INTERVÊM OS PROFESSORES

Kleber Tüxen Carneiro
De R$ 30,00 Por R$ 18,00

Trata-se de uma obra com arrojado grau de originalidade e uma eloquente preocupação com aqueles que se dedicam ao exercício do ensino, notadamente no que se refere à natação. Procurando elucidar em especial, um fenômeno frequente, porém, pouco investigado e conhecido entre os professores da área, a saber: a hidrofobia. Ao longo da trama procura-se distinguir o medo de um quadro de hidrofobia, situando o leitor, quanto aos termos hidrofobia e aquafobia. Na qualidade de uma literatura científica, os resultados da pesquisa emolduram e oferecem uma condição sui generis para o fito do livro, oferecendo inclusive, lastro heurístico para quem deseja empreender investigações nesta área. Por efeito da pesquisa são apresentadas às concepções dos professore/as entrevistados/as quanto ao entendimento da hidrofobia e suas implicações para o ensino da natação, entrecruzando dados formativos e a forma como organizam suas intervenções pedagógicas. Decerto o cenário cotejado oferece subsídios para se pensar e debater o ensino das atividades aquáticas (natação), que, via de regra, tem superestimado os processos formativos mecânicos e descontextualizados, em detrimento de um ensino diversificado e que produza sentido ao aprendiz, de maneira especial aos acometidos de hidrofobia. Configurando, portanto, em uma leitura aprazível e indispensável para expansão das margens formativas

 
Tributação__democracia_e_desenvolvimento.jpeg

TRIBUTAÇÃO, DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO

Daniela Olímpio de Oliveira
De R$ 65,00 Por R$ 39,00

O presente livro "Tributação, Democracia e Desenvolvimento" recebe o mesmo nome do núcleo vinculado ao Departamento de Direito da Universidade Federal de Lavras, que se dedica a atividades de pesquisas e extensão na área do Direito Tributário desde 2014. Trata-se de uma coletânea de pesquisas de professores universitários sobre justiça fiscal, solidificando uma doutrina e referencial teórico. A tributação é aqui considerada não apenas sob o aspecto jurídico, mas como ferramenta de justiça, restringindo e condicionando as liberdades em prol de objetivos estatais. Buscamos enaltecer o papel dos tributos num Estado Democrático de Direito, como o brasileiro, e contextualizar as propostas reformistas em termos de sistema tributário. Trata-se, portanto, de obra classificada na área do conhecimento "Direito Tributário", buscando referenciar, ainda, discussões de disciplinas de filosofia e teorias da justiça, administração pública e ciências sociais.