Logos Editoras.png

Criada em 1985, com o objetivo de editar obras de valor científico e cultural representativas do trabalho de ensino, pesquisa e extensão da Universidade Federal de Minas Gerais, a Editora UFMG consolidou-se na última década como uma das editoras mais atuantes do país. Neste momento se puder fique em Casa! Mas na Companhia de um bom livro! Conheça nosso catálogo com descontos especiais e novidades para vocês! Nas compras acima de R$80,00, Frete Grátis para Todo o Brasil.

 
Capa_ator_camera (1).jpg

ATOR E A CAMARA

Rafael Conde
De R$ 54,00 Por R$ 32,40

Ao transitar do espaço privado para o espaço público, o arquivo pessoal do escritor converte-se em arquivo literário, submetido a complexos processos de deslocamento. Constitui-se então como uma figura epistemológica, cujos aspectos teóricos e jurídico, epistêmico e histórico, disciplinar e institucional são abordados nos ensaios aqui reunidos.  

 
box_passeios.jpg

BOX PASSEIOS, PASSEIOS A SABARÁ, OURO PRETO E DIAMANTINA

Lucia Machado de Almeida
De R$ 120,00 Por R$ 72,00

O famoso naturalista dinamarquês Peter Wilhelm Lund não estava só em seu grande trabalho nas grutas no entorno de Lagoa Santa. Ele teve um importante colaborador, o pintor visionário norueguês Peter Andreas Brandt. Brandt era indispensável para Lund em muitos aspectos, mas os mais notáveis foram as incrivelmente belas e precisas ilustrações que ele fez para os tratados pioneiros de Lund. Apresenta-se no livro todo o Caderno de Esboços de Brandt, que ilustra o trabalho de Lund nas grutas e contém as primeiras representações de Lagoa Santa, além de um extrato significativo de seus desenhos científicos. Este livro procura aproximar-se da vida de P.A. Brandt por diferentes ângulos. A historiadora Birgitte Holten relata sua excêntrica vida e personalidade e revela como ele de fato chegou ao Brasil. O historiador da ciência Michael Sterll apresenta seu trabalho em um contexto mais amplo, nas ciências naturais, e o ornitólogo Jon Fjeldså, ele próprio um celebrado ilustrador científico, analisa as técnicas de Brandt e o apresenta no contexto da história da arte.

 
CHOPIN_O_CUPIM_-_capa.jpg

CHOPIN O CUPIM

Rochel Montero Lago ; Fabiola de Oliveira Paes Leme; Tomás Moura Montero (ilustração)
De R$ 30,00 Por R$ 18,00

Este quarto livro do Núcleo de Estudos do PensamentoContemporâneo (NEPC) versa sobre os desafios contemporâneos das bioengenhariase suas aplicações humanas. O foco é a questão dos riscos que as acompanham e anecessidade de controlá-los por meio de regulações: jurídicas antes de tudo,mas também políticas e éticas. Os desafios e os problemas atinentes são devárias ordens e todos igualmente avassaladores, por exemplo: a necessidade depensar os limites tecnológicos e morais da reprodução assistida; as fronteirasentre o maquínico e o orgânico; a regulação das pesquisas em fármacos, nosOrganismos Geneticamente modificados (OGMs), nas terapias gênicas e emnanomedicamentos; as novas biotecnologias, a questão da eugenia e o futuro(reengenhagem) do humano.

 
CIDADES_E_CULTURA_CAPA_site.jpg

CIDADES E CULTURA POLITICA NAS AMERICAS

Beatriz H. Domingues
De R$ 47,00 Por R$ 28,20

Box comemorativo da trilogia publicada por Lúcia Machado de Almeida na década de 1960 em homenagem às cidades históricas mineiras. Passeio a Sabará, Passeio a Ouro Preto e Passeio a Diamantina oferecem ao leitor mais do que a descrição de monumentos turísticos e arquitetura das cidades, o convidando a um passeio literário e poético pela cultura oral e atmosfera dessas vilas históricas. As reedições incluem os desenhos originais de Guignard em novo projeto gráfico elaborado por Márcia Larica. Prefácios assinados por Silviano Santiago (Sabará), Angelo Oswaldo (Ouro Preto) e Júnia Ferreira Furtado (Diamantina). Edição limitada.

 
O-LOCAL-DA-CULTURA.jpg

LOCAL DA CULTURA

Homi K. Bhabha
De R$ 63,00 Por R$ 37,80

Este livro oferece contribuições inestimáveis para diversas áreas, sobretudo para a Crítica Literária e os Estudos Culturais. A luta contra a opressão colonial não apenas muda a direção da história ocidental, mas também contesta sua ideia historicista de tempo como um todo progressivo e ordenado. Esta é uma assertiva presente em O local da cultura, cujo autor, o crítico indo-britânico Homi K. Bhabha, é apontado pela revista Newsweek como um dos prováveis 100 nomes de destaque no século XXI.

 
capa_-haikai_SITE.jpg

HAIKAI E PERFORMANCE

Roberson de Sousa Nunes
De R$ 52,00 Por R$ 31,20

Roberson de Sousa Nunes escreve seu texto a partir de um marco teórico fornecido por uma genealogia de pensadores dos Estudos de Performance, mas o expande em um diálogo com a poesia, para logo voltar ao corpo de cena. Não qualquer corpo: seu próprio corpo. Falo de uma pessoa que, além de ser um investigador sólido e um artista destacado na cena mineira, é um ser humano solidário e aberto a novas ideias. Seu livro traz a memória do corpo do artista entremeado com a reflexão acadêmica. Essa qualidade produz um fascínio que, pressinto, envolverá o leitor, como envolveu a mim

 
passagens_box.jpg

PASSAGENS (BOX COM 3 VOLUMES)

Walter Benjamin
De R$ 220,00 Por R$ 132,00

Passagens  (1927-1940), de Walter Benjamin, é uma das obras historiográficas mais significativas do nosso tempo. À partir de Paris, a “capital do Século XIX”, especialmente SUAS galerias Comerciais enquanto “arquipaisagem do Consumo”, São apresentados A história cotidiana da Modernidade - com figuras Como o  flâneur , a prostituta, o jogador, o Colecionador - e Os Meios de uma escrita polifônica que vai desde uma aula até a formatura da moda, da técnica e da mídia. This hypertexto com mais de 4.500 to stars to metropole modern and as megacidades do mundo actual.

 
POS-COLONIALISMO_CAPA.jpg

PÓS-COLONIALISMO, IDENTIDADE E MESTIÇAGEM CULTURA

Eliana Lourenço de Lima Reis
De R$ 41,00 Por R$ 24,60

Um dos intelectuais mais destacados de nosso tempo, Wole Soyinka tem se dedicado, em suas obras literárias e em suas atividades, como intelectual laureado com o Prêmio Nobel, à crítica das consequências políticas e culturais do processo de descolonização e da criação das novas nações africanas. Este livro discute a escrita de Soyinka em gêneros diversos (drama, memórias e ensaios), focalizando principalmente sua visão das relações culturais e literárias que compõem a arte e o sujeito cultural contemporâneo

 
QUANDO_AS_IMAGENS_CAPA_FRENTE_ABR_2017.jpg

QUANDO AS IMAGENS TOMAM POSIÇÃO - O OLHO DA HIS

Georges Didi-Huberman
De R$ 60,00 Por R$ 36,00

A figura do poeta e dramaturgo Bertolt Brecht serve de guia para George Didi-Huberman mostrar as encruzilhadas da estética no século XX, em uma reflexão que aborda temas como a guerra, o exílio, as vanguardas estéticas e o nascimento da indústria cultural. Este livro apresenta questionamentos de romancistas, poetas, filósofos e artistas acerca do lugar da imagem e das condições de uma possível política da imaginação.

 
AS_QUATRO_PARTES_MUNDO_SITE.jpg

QUATRO PARTES DO MUNDO

Serge Gruzinski
De R$ 140,00 Por R$ 84,00

Dominar “as quatro partes do mundo”: essa era a ambição da monarquia católica (1580-1640). Para impor sua presença, espanhóis e portugueses aprendem a dominar ambientes desconhecidos. Do México ao Japão, do Brasil às costas africanas, de Goa às Filipinas, povos são confrontados com formas de pensamento e poder que lhes são totalmente estranhas. Mistura dos seres ou resistência das tradições locais à dominação ibérica: a Terra se globaliza. Na aurora dos tempos modernos, não são apenas os modos de vida, as técnicas e a economia que permutam os novos donos do planeta, mas também as crenças e os imaginários. Serge Gruzinski mostra que o passado é uma maravilhosa caixa de ferramenta para compreender o que se passa há séculos entre ocidentalização, mestiçagem e globalização. Ele nos convida a uma ampla volta ao mundo em companhia de personagens cujo destino encarna o confronto com as grandes civilizações e um império universal.

 
almanaque_de_um_condado_arenoso.jpg

ALMANAQUE DE UM CONDADO ARENOSO

Aldo Leopold
De R$ 59,00 Por R$ 35,40

Nascido em Iowa em 1887, Aldo Leopold iniciou sua carreira em 1909, quando ingressou no Serviço Florestal dos Estados Unidos. Suas propostas surgiram a partir de pesquisas com manejo de fauna, de seu trabalho como professor na Universidade de Wisconsin-Madison, da prática da conservação em seu próprio sítio e de uma profunda paixão pelas atividades ao ar livre, como a caça, a pesca, os passeios a pé ou a cavalo por trilhas em áreas selvagens e a observação da natureza, “um direito tão inalienável como a liberdade de expressão”. Aldo faleceu em 1948, combatendo um incêndio na propriedade de seu vizinho, logo após tornar-se conselheiro das Nações Unidas sobre conservação. Seu legado de preservação da vida selvagem é reafirmado em 1977, com a concessão da medalha John Burroughs de distinção no campo da história natural, homenagem recebida postumamente por seu trabalho e, em particular, por Almanaque de um condado arenoso. Publicado pela primeira vez em 1949 e traduzido em diversos países, este livro – que nos remete a duas grandes figuras do pensamento transcendentalista norte-americano do século XIX, Emerson e Thoreau – oferece ao leitor brasileiro uma visão delicada da frágil teia dos equilíbrios naturais e uma crítica ao antropocentrismo e às devastadoras intervenções humanas sobre os ecossistemas. Esta edição marca os 70 anos de uma das obras mais importantes nas áreas de ecologia e conservação, uma peça fundamental no desenvolvimento da ética ambiental moderna.

 
CAPA_SITE_alvoroco_da_criacao.jpg

ALVOROÇO DA CRIAÇAO

Solange Ribeiro de Oliveira
De R$ 43,00 Por R$ 25,80

Combinando clareza e profundidade, este livro discute a relação da ficção de Clarice Lispector com as artes visuais. Detém-se especialmente em imagens recorrentes, associadas à pintura, à escultura, à arquitetura e à natureza-morta, fios condutores que entrelaçam pontos cruciais de sua escrita: a temática existencial, a condição da mulher e seu lugar na tradição ecfrástica feminina